Enrolados – Filme

Enrolados (Tangled-Estados Unidos) é um longa metragem de animação produzido pela Walt Disney Animation Studios. O filme é a 50.ª animação do estúdio, e é levemente baseado no conto de fadas alemão Rapunzel, dos Irmãos Grimm. Com as vozes originais de Mandy Moore e Zachary Levi.

O filme se chamaria originalmente Rapunzel, mas o título foi alterado para Tangled (Enrolados) que parece neutro em termos de gênero. Este é o filme de animação mais caro da história. Com um orçamento de $ 260 milhões, é o quinto filme mais caro de todos os tempos. Enrolados teve adotado um  estilo artístico único, através do uso de renderização não fotorrealística, combina os recursos de imagens geradas por computador (CGI) e animação tradicional para criar a impressão de pintura.O compositor Alan Menken, que havia trabalhado em vários filmes de animação da Disney, voltou a compor para Enrolados.

Enrolados estreou no El Capitan Theatre, em 14 de novembro de 2010, e entrou em lançamento geral em 24 de novembro. O filme foi bem recebido pela crítica e pelo público, arrecadou US$ 591 milhões em bilheteira em todo o mundo, US$ 200 milhões, dos quais foram obtidos nos Estados Unidos e Canadá. O filme foi nomeado para uma série de prêmios, incluindo Melhor Canção Original no Oscar 2011. O filme foi lançado em Blu-ray e DVD em 29 de março de 2011; um curta-metragem, Tangled Ever After, foi lançado no final de 2012. Em 2010, a Disney cogitava lançar em 2017 uma série de televisão no Disney Channel.

Enrolados:Trailer dublado

Rapunzel com a frigideira
Rapunzel com a frigideira

Informações Gerais

Direção: Nathan Greno                                                                          Byron Howard
Produção: Roy Conli
John Lasseter
Glen Keane
Roteiro: Dan Fogelman
Baseado em Rapunzel dos Irmãos Grimm
Narração: Zachary Levi
Gênero: comédia romântica,musíca e
família
Música: Alan Menken
Glenn Slater
Edição: Tim Mertens
Companhia(s) produtora(s) :Walt Disney Animation Studios
Distribuição: Walt Disney Studios Motion Pictures                                                                                                            Idioma: inglês
Orçamento: US$ 260 milhões
Receita: US$ 591 794 936                                                                                                                                                                    Duração: 100min

Sinopse

Flynn Ryder (Zachary Levi/Luciano Huck) é o bandido mais procurado e sedutor do reino. Um dia, em plena fuga, ele se esconde em uma torre. Lá conhece Rapunzel (Mandy Moore), uma jovem prestes a completar 18 anos que tem um enorme cabelo dourado, de 21 metros de comprimento. Rapunzel deseja deixar seu confinamento na torre para ver as luzes que sempre surgem no dia de seu aniversário. Para tanto, faz um acordo com Flynn. Ele a ajuda a fugir e ela lhe devolve a valiosa tiara que tinha roubado. Só que a mamãe Gothel (Donna Murphy), que manteve Rapunzel na torre durante toda a sua vida, não quer que ela deixe o local de jeito nenhum.

Enrolados:Quando minha vida vai começar

Elenco

  • Mandy Moore e Delaney Rose Stein como Rapunzel. Em Portugal, Bárbara Lourenço (diálogos)] e Anabela (canções).No Brasil, Sylvia Salustti.
  • Zachary Levi como Flynn Rider. Em Portugal Pedro Caeiro (diálogos)[5][6] e Henrique Feist (canções). No Brasil, Luciano Huck (diálogos) e Raphael Rossatto (canções).
  • Donna Murphy como Gothel. Em Portugal Rita Alagão (diálogos) e Helena Montez (canções). No Brasil, Gottsha.
  • Richard Kiel como Vlad.
  • Jeffrey Tambor como Lovehorn.
  • Paul F. Tompkins como Baixinho.
  • Brad Garrett como Gancho.
    Ron Perlman como Irmãos Stabbington.
  • M. C. Gainey como Capitão da Guarda.
    A versão portuguesa foi dirigida por Carlos Freixo e conta ainda com a voz de Alexandre Ferreira.

Produção

Datas e Equipe

Segundo o jornal Los Angeles Times, o filme ficou seis anos em produção e custou mais de US$ 260 milhões. O filme havia sido anunciado inicialmente para 2007, mas com a desistência dos diretores o projeto foi atrasado. Os diretores Dean Wellins e Glen Keane foram substituídos por Byron Howard e Nathan Greno.

Mudança de Título

Quando se iniciou a produção, o filme recebeu o título alternativo de “Unbraided Rapunzel” (“Rapunzel sem Tranças”), que foi depois alterado para “Rapunzel”.

Seu antecessor, A Princesa e o Sapo, foi muito aclamado pela crítica, mas não obteve o rendimento esperado, tendo alcançando apenas US$ 270 000 000 no mundo todo. A Disney manifestou a hipótese de que a ênfase em princesas poderia dissuadir os meninos de assistirem a um filme, por este motivo, a produtora decidiu mudar o título da animação de Rapunzel para Tangled (Enrolados), e deu mais destaque ao protagonista Flynn Rider.

Esta decisão da Disney foi muito criticada e a mudança foi acusada de só levar em consideração os lucros. Os diretores se defenderam alegando que a mudança do título se deu por Rapunzel não ser a única protagonista, de maneira que era necessário um título que representasse o que o filme é de fato: um duo entre Rapunzel e Flynn Rider.

Enrolados:O desejo de aniversário

Animação

O filme foi produzido em CGI com visual inspirado em pinturas a óleo sobre tela. Um dos principais objetivos dos animadores foi a de criar movimentos que imitassem a fluidez suave dos desenhos feitos a mão encontrados em filmes mais antigos de animação da Disney. A animação em CGI representou algumas dificuldades, especialmente o cabelo, pois não havia tecnologia suficiente para fazer o efeito desejado. No fim de janeiro de 2010, os diretores ainda não tinham certeza se o cabelo de Rapunzel estava ficando bom. Os problemas foram finalmente resolvidos em Março. Uma versão melhorada de um programa de simulação de cabelo chamado Dynamic Wires, originalmente desenvolvido para o filme Bolt foi usado, além de outras técnicas que tiveram de ser inventadas para tornar tudo possível. Para fazer o cabelo em flutuar de baixo da água, entre outras coisas, foi utilizada a geometria diferencial discreta.

Trilha Sonora

A trilha sonora foi composta por Alan Menken, com letras escritas por Glenn Slater. Menken disse que tentou mistura de música medieval com o folk rock dos anos 60 para as novas composições.

Várias canções foram escritas para o filme, sendo retiradas no corte final. “When Will My Life Begin?” substituiu uma versão anterior chamada de “What More Could I Ever Need?”. Menken informou que a canção de abertura passou por cinco ou seis versões diferentes. Menken relatou que havia uma canção de amor original chamada de “You Are My Forever” que Gothel cantava para Rapunzel de uma forma maternal, que seria reprisado mais tarde por Flynn Rider em uma forma romântica. Aparentemente a ideia foi substituída pelas canções “Mother Knows Best” e “I See the Light”.

A canção “Something That I Want” realizada por Grace Potter da banda Grace Potter and the Nocturnals é destaque nos créditos finais. Esta versão conta com alguns trechos da letra reescritas por Potter. Ganhou uma versão latino-americana intitulada de “Algo quiero querer”, interpretada pela cantora colombiano Fanny Lu.

A trilha sonora alcançou a 44.ª posição na Billboard 200, 7.ª posição na parada Billboard de trilhas sonoras e a 3.ª posição na Kid.

Listas de faixas

Todas as canções escritas e compostas por Alan Menken e Glenn Slater com exceção da faixa 20 que foi escrita e composta por Grace Potter. Todas as instrumentais foram compostas por Menken.

Nº / Título / Intérprete(s) / Duração
1. “When Will My Life Begin?” / Mandy Moore / 2:32
2. “Wen Will My Life Begin? (Reprise 1)” / Moore / 1:03
3. “Mother Knows Best” / Donna Murphy / 3:10
4. “When Will My Life Begin? (Reprise 2)” / Moore / 2:06
5. “I’ve Got a Dream” / Brad Garrett, Jeffrey Tambor, Moore, Zachary Levi, Company / 3:11
6. “Mother Knows Best (Reprise)” / Murphy / 1:38
7. “I See the Light” / Moore, Levi / 3:44
8. “Healing Incantation” / Moore / 0:54
9. “Flynn Wanted” (Instrumental) / Alan Menken / 2:51
10. “Prologue” (Instrumental e música) / Menken, Murphy, Delaney Stein / 2:02
11. “Horse with No Rider” (Instrumental) / Menken / 1:57
12. “Escape Route” (Instrumental) / Menken / 1:57
13. “Campfire” (Instrumental) / Menken / 3:21
14. “Kingdom Dance” (Instrumental) / Menken / 2:20
15. “Waiting For the Lights” (Instrumental) / Menken / 2:47
16. “Return to Mother” (Instrumental) / Menken / 2:06
17. “Realization and Escape” (Instrumental) / Menken / 5:50
18. “The Tear Heals” (Instrumental e música) / Menken, Moore / 7:37
19. “Kingdom Celebration” (Instrumental) / Menken / 1:50                                                                                              20. “Something That I Want” / Grace Potter / 2:43

Rapunzel bate em Flynn  e o esconde no armário

Lançamento

Enrolados recebeu críticas positivas. Análise agregada Rotten Tomatoes relata que 90% dos críticos deram ao filme uma crítica positiva com base em 154 avaliações, com uma pontuação média de 8.1/10. Entre os críticos populares dos principais jornais, sites, programas de rádio e televisão, o filme tem uma taxa de aprovação geral de 93%, com base em uma amostra de 28 comentários. Segundo o site: “Embora esteja longe de ser o melhor filme da Disney, Enrolados é de um visual deslumbrante, além de entretenimento devido para um clássico de animação cânone do estúdio”. A maioria das críticas elogiaram a animação, especificamente a sequência das lanternas (I See the Light), alguns a comparam com a cena do baile em A Bela e a Fera.

Prêmios  e Indicações

O filme foi indicado a nove prêmios. O Hollywood Foreign Press Association nomeou Enrolados para dois Globos de Ouro, prêmios de “Melhor longa-metragem animado” e “Melhor Canção Original” por “I See the Light”. O filme também recebeu duas indicações ao Broadcast Film Critics Association nas mesmas categorias, bem como indicações para dois Annie Awards, para Melhor Animação Longa-Metragem e para Melhor Adaptação.Enrolados, também foi nomeada a dois Phoenix Film Critics Society Awards, Melhor Animação e Melhor Canção Original por “I’ve Got A Dream”. Por fim, o filme foi ainda indicado ao Oscar, na categoria de Melhor Canção Original por “I See the Light”.

Apesar do filme ter sido muito elogiado pelas músicas presentes, a Disney não quis inscrever o filme para concorrer ao Oscar de Melhor Trilha Sonora, preferindo voltar seus esforços para a categoria de Melhor Canção Original. O mesmo aconteceu com o filme Toy Story 3.

Bilheterias no Brasil

No Brasil, o filme estreou nos cinemas no dia 7 de janeiro de 2011 e foi um grande sucesso. O filme levou 3,9 milhões de pessoas aos cinemas e arrecadou R$ 39,8 milhões. Durante vários meses, permaneceu como o filme mais visto do ano no Brasil. Ao final de 2011, ficou como o sexto filme mais visto do ano nos cinemas brasileiros.

Fotos:

Gothel com o cabelo de Rapunzel
Gothel com o cabelo de Rapunzel
Gothel e Rapunzel
Gothel e Rapunzel
Gothel
Gothel
Maximus e José -uma aliança forçada
Maximus e José -uma aliança forçada
Maximus e Pascal
Maximus e Pascal
Pais de Rapunzel
Pais de Rapunzel
Pascal
Pascal
Pascal de vestido
Pascal de vestido
Rapunzel amarra josé com seu cabelo
Rapunzel amarra josé com seu cabelo
Rapunzel bebê
Rapunzel bebê
Rapunzel cozinhando
Rapunzel cozinhando
Rapunzel criança
Rapunzel criança
Rapunzel e José dançando
Rapunzel e José dançando
Rapunzel e José no barco
Rapunzel e José no barco
Rapunzel e José no barco
Rapunzel e José no barco
Rapunzel na torre
Rapunzel na torre
Rapunzel na torre
Rapunzel na torre
Rapunzel e Pascal
Rapunzel e Pascal
Rapunzel curando José
Rapunzel curando José
Rapunzel com a coroa
Rapunzel com a coroa

 

Referências:Wikipédia,IMDB além do site Imagoi.