The Flash

The Flash é uma série de televisão americana desenvolvida por Greg Berlanti, Andrew Kreisberg e Geoff Johns, transmitida pela emissora The CW desde 7 de outubro de 2014, e estrelada por Grant Gustin. A série é baseada no personagem Barry Allen / Flash da DC Comics, um super-herói fantasiado que combate o crime com o seu poder de se mover em velocidades inacreditáveis. É uma série spin-off de Arrow e se passa no mesmo universo fictício. A série foi oficializada no primeiro semestre de 2014, com ordem de 23 episódios para a primeira temporada, que estreou em 7 de outubro de 2014. A segunda temporada foi lançada em 6 de outubro de 2015 e a terceira temporada foi lançada no dia 4 de outubro de 2016.

A série estreou nos Estados Unidos em 7 de outubro de 2014, onde o episódio piloto se tornou a segunda maior audiência da emissora The CW, sendo superado apenas por The Vampire Diaries, em 2009. Em 11 de janeiro de 2015, a emissora The CW renovou a série para uma segunda temporada, que estreou em 6 de outubro de 2015.

No Brasil, a série é exibida pela Warner Channel e pela Netflix.

Em Portugal, a série é exibida pela a Netflix.

Informações Gerais

the-flash-serie-thecw-imagoi

Também conhecido(a) como: Flash
Formato: Série
Gênero: Ficção científica / Super-herói / Drama / Ação
Duração: 42–45 minutos
Baseado em: Personagens da DC Comics
Desenvolvedor(es): Greg Berlanti / Andrew Kreisberg / Geoff Johns
País de origem: Estados Unidos
Idioma original: Inglês
Produtor(es): J. P. Finn / Glen Winter
Produtor(es) executivo(s): David Nutter / Gabrielle Stanton / Sarah Schechter / Aaron Helbing / Todd Helbing / Andrew Kreisberg / Greg Berlanti
Editor(es): Paul Karasik / Harry Jierjian / Nathan Draper / Chris Conlee / Dan Wilken / Felicia Livingston
Cinematografia: Glen Winter (piloto) / C. Kim Miles / Jeffrey C. Mygatt / Stewart Whelan
Câmera: Câmera única
Distribuída por: Warner Bros. Television Distribution
Elenco: Grant Gustin / Candice Patton / Danielle Panabaker / Rick Cosnett / Carlos Valdes / Tom Cavanagh / Jesse L. Martin / Keiynan Lonsdale / Neil Sandilands / Hartley Sawyer / Danielle Nicolet / Jessica Parker Kennedy / Chris Klein
Compositor da música-tema: Blake Neely
Empresa(s) de produção: Bonanza Productions / Berlanti Productions / Warner Bros. Television / DC Entertainment
Localização: Vancouver, Colúmbia Britânica, Canadá
Emissora de televisão original: The CW
Formato de exibição: HDTV 1080i
Formato de áudio: Dolby Digital 5.1
Transmissão original: 7 de outubro de 2014 – presente
Nº de temporadas: 6
Nº de episódios: 132
Programas relacionados: Universo Arrow

Sinopse

Após testemunhar o estranho assassinato de sua mãe e a injusta acusação de seu pai pelo crime, Barry Allen fica sob os cuidados do detetive Joe West e sua filha Iris West. Barry se torna brilhante, mas socialmente, um cientista forense desconhecido trabalhando para o Departamento de Polícia de Central City. Sua obsessão por seu trágico passado faz com que ele fique separado das demais pessoas ao seu redor; ele investiga casos frios, ocorrências paranormais, e vazamentos de ponta de avanços científicos que podem dar uma luz no caso do assassinato de sua mãe. Ninguém acredita em sua descrição do crime — que uma bola de raio com o rosto de um homem invadiu sua casa naquela noite e matou sua mãe — e Barry é forçado a procurar por si mesmo pistas que limpem o nome de seu pai. Quatorze anos depois da morte de sua mãe, uma explosão de um avançado Acelerador de Partículas, durante sua apresentação ao público, banha a cidade com uma forma de radiação previamente desconhecida durante uma tempestade. Barry é atingido por um raio da tempestade e banhado nos produtos químicos de seu laboratório. Acordando depois de um coma de nove meses, ele descobre que tem a habilidade de se mover mais rápido do que qualquer ser humano. Harrison Wells, criador e responsável pela falha do Acelerador de Partículas, descreve a natureza especial de Barry como um “meta-humano”; Barry, mais tarde, descobre que ele não é o único que mudou com a radiação. Ele promete usar seus poderes para proteger Central City dos riscos criminais dos meta-humanos. E então, associado por alguns amigos próximos que guardam seu segredo, Barry adquire uma nova personalidade conhecida como Flash.

Episódios

Temporada: 1 / Episódios: 23 / Estréia: 7 de outubro de 2014
Temporada: 2 / Episódios: 23 / Estréia: 6 de outubro de 2015
Temporada: 3 / Episódios: 23 / Estréia: 4 de outubro de 2016
Temporada: 4 / Episódios: 23 / Estréia: 10 de outubro de 2017
Temporada: 5 / Episódios: 22 / Estréia: 9 de outubro de 2018
Temporada: 6 / Episódios: 19 / Estréia: 8 de outubro de 2019

1ª temporada (2014–2015) – Central City

Barry Allen, um cientista forense do Departamento de Polícia de Central City, tem um especial apreço por casos inexplicáveis, pois, no passado, sua mãe foi assassinada sob tais circunstâncias — na qual nem ele mesmo consegue explicar —, o que resultou na injusta prisão de seu pai pelo crime. Enquanto Barry lida com os problemas do dia-a-dia, uma explosão de um Acelerador de Partículas banha a cidade com uma forma de radiação previamente desconhecida durante uma tempestade. No processo, Barry é atingido por um raio da tempestade. Nove meses depois, quando acorda de um coma, ele descobre que tem a habilidade de se mover mais rápido do que qualquer ser humano. Barry, mais tarde, percebe que ele não é o único que mudou com a radiação. Ele promete usar seus poderes para proteger Central City dos riscos criminais dos outros que foram atingidos pela radiação (meta-humanos). E então, guiado por alguns amigos próximos que guardam seu segredo, Barry adquire uma nova personalidade conhecida como “Flash”. No processo, ele acumula uma série de inimigos, como o Flash Reverso, que é o verdadeiro assassino de sua mãe. Que aparenta ser o HARRISOM Wells.

2ª temporada (2015–2016) – O Multiverso
Meses depois dos acontecimentos de um evento que quase destruiu o mundo, o Flash é reconhecido como o herói de Central City. No entanto, o evento traz um mal de um universo paralelo na forma de um velocista chamado Zoom, que deseja matar todas as pessoas ligadas à super velocidade ao longo do multiverso. No entanto, Harrison Wells da terra-2 do multiverso e sua filha, Jesse, trabalham para ajudar Barry e seus amigos a parar Zoom. Joe e Iris lutam com o seu passado doloroso relacionado a sua família, especialmente após a chegada do irmão de Iris, Wally West, a quem Francine West deu à luz logo após abandonar sua família. Após um evento que atinge Barry de uma forma estrondosa, ele desiste de tudo e viaja de volta no tempo para salvar a vida de sua mãe das mãos do Flash-Reverso.

3ª temporada (2016–2017) – Ponto de Ignição
Ao mudar seu passado, Barry altera a linha do tempo, resultando na criação do “Ponto de Ignição”. Embora ele consiga restaurar a linha do tempo, isso cria novas ameaças, que incluem Savitar. Depois que Harry e Jesse voltam para a Terra-2, outro cópia de Harrison Wells da terra-19 é recrutado: o escritor “H.R.”. Wally e Caitlin começam a manifestar habilidades meta-humanas; Wally se torna o velocista Kid Flash, enquanto Caitlin é forçada a suprimir seus poderes de gelo para evitar se tornar a Nevasca. Quando Barry viaja acidentalmente para o futuro e vê Iris ser morta por Savitar, ele fica desesperado para mudar o futuro e evitar que isso aconteça.

4ª temporada (2017–2018) – O Pensador
Iris esteve auxiliando o Time Flash em Central City durante seis meses, mas se recusando a sofrer por Barry. Um Samurai voador com superpoderes aparece em Central City, ameaçando a cidade se o verdadeiro Flash não o enfrentar. Cisco revela que elaborou uma maneira de trazer Barry de volta sem desestabilizar a Força de Aceleração e rastreia Caitlin para conseguir sua ajuda. Contra a aprovação de Iris, o Time Flash retorna Barry com sucesso, que aparece dizendo coisas aleatórias e escrevendo símbolos nas paredes continuamente. Wally tenta parar o Samurai, mas é derrotado. Cisco decifra as escrituras de Barry e encontra uma frase aparentemente sem sentido. Na tentativa de recuperar as memórias de Barry, Iris se entrega ao Samurai. O plano funciona e Barry adquire sua velocidade, resgata Iris e derrota o Samurai, que é revelado ser um robô. Caitlin se junta novamente ao Time Flash, mas é revelado que ela está trabalhando para uma criminosa chamada Amunet em um bar, revelando também que ela continua tendo que lutar contra a personalidade de Nevasca aparecendo. É revelado que o “Samuroid” estava sendo controlado pelo Pensador, cujo plano era atrair o Flash para seus próximos planos.

5ª temporada (2018–2019) – Tecnologia Meta
O Time Flash encontra a filha de Barry e Iris do futuro, Nora. Enquanto Iris expressa excitação, Barry está preocupado que ela poderia alterar a linha do tempo com base em seus próprios erros com a viagem no tempo. A equipe encontra um novo metahumano, Gridlock, que é capaz de absorver energia cinética, e Barry se veste em um traje anterior desde que seu último foi destruído. Quando Barry tenta mandar Nora para casa, Wally revela que o sangue de Nora está saturado com taquions negativos, o que a impede de usar a Força da Velocidade ou o Waverider das Lendas para viajar no tempo. Barry pergunta a Nora o que acontece com ele no futuro, com Nora revelando que ele nunca volta depois de desaparecer em 2024 e que ela viajou de volta no tempo para encontrá-lo. O engarrafamento faz com que um avião caia, então Barry, Nora, Wally e Cisco se unem para pará-lo, com Nora fornecendo a Barry um traje de anel do Flash. Eles conseguem impedir a queda do avião e o pousam com segurança em um rio. Enquanto Gridlock está sendo transportado para a prisão, o veículo é atacado por um indivíduo mascarado, que diz a Gridlock que ele planeja acabar com todos os metahumanos antes de se aproximar dele com um punhal em forma de raio.

6ª temporada (2019-2020) – Vermelho Implacável
Barry Allen e o Time Flash começam a se preparar para chegada iminente da Crise nas Infinitas Terras, que foi antecipada de 2024 para 2019, eles também precisam lidar com a previsão do Monitor, que avisa que Barry terá que se sacrificar na Crise para salvar o universo. O Time Flash tem dificuldades de aceitar que o Flash terá que morrer e Barry passa a refletir e conversar com seus companheiros sobre seu possível sacrifício. No meio do processo, Barry precisa encarar a chegada do novo vilão Bloodwork (Dr. Ramsey Rosso), um metahumano que necessita matar os outros para curar seu câncer e poder sobreviver.

7ª temporada
Em 7 de janeiro de 2020, a emissora The CW renovou a série para uma sétima temporada.

Elenco e Personagens Principais

  • Grant Gustin como Barry Allen / Flash: Um investigador forense da polícia de Central City. Momentos após a explosão do acelerador de partículas dos laboratórios S.T.A.R., Barry é atingido por um raio em seu laboratório junto com diferentes produtos químicos, afetando-o o mesmo. Quando ele acorda do coma depois de nove meses, ele tem uma velocidade sobre-humana. Em Setembro de 2z013, Grant Gustin foi escalado para o papel principal. Gustin começou a pesquisar o personagem durante o processo de audição e a ler o maior número possível de quadrinhos. Gustin se concentrou principalmente na série de quadrinhos dos Novos 52, porque sabia que seria difícil ler tudo e achava que os Novos 5sss2 era o mais próximo da “aparência e sensação” do programa.
  • Candice Patton como Iris West-Allen: A filha de Joe West, irmã de Wally West, e a esposa de Barry Allen, ficando noiva no episódio “Dueto” e se casando durante o crossover Crise na Terra-X. Ela trabalha como jornalista no Cidadão de Central City, jornal criado pela mesma.e Patton como Iris West-Allen: A filha de Joe West, irmã de Wally West, e a esposa de Barry Allen, ficando noiva no episódio “Dueto” e se casando durante o crossover Crise na Terra-X. Ela trabalha como jornalista no Cidadão de Central City, jornal criado pela mesma.
  • Danielle Panabaker como Dra. Caitlin Snow / Nevasca: Uma especialista em bioengenharia altamente inteligente, Caitlin acreditava que seu noivo, Ronnie Raymond, tinha sido morto durante a explosão do acelerador de partículas dos laboratórios S.T.A.R., até que ele retornou a meio da primeira temporada. Ronnie e Caitlin se casam no final da primeira temporada. Ela também é uma metahumana com habilidades criocinéticas.
  • Ricsnett como Eddie Thawne: Transferido recentemente para o Departamento de Polícia da Cidade Central, o passado de Eddie era um mistério e ele guardava um segredo sombrio. Ele era parceiro do detetive Joe West e interesse amoroso Iris West. Ck Coosnett deixou a série após a primeira temporada, depois do sacrifício de seu personagem para tirar Eobard Thawne, seu descendente distante, da história.
  • Carlos Valdes como Cisco Ramon / Vibro: Um gênio da engenharia mecânica, a Cisco é o membro mais jovem da equipe de cientistas dos laboratórios S.T.A.R. e é um ex-metahumano que tinha o poder de “vibrar” a localização de uma pessoa e a capacidade de viajar por todo o multiverso.
  • Tom Cavanagh como Harrison Wells: A mente e o dinheiro por trás do acelerador de partículas dos laboratórios S.T.A.R., Wells se torna paraplégico após a explosão de seu acelerador de partículas, criando um grande número de meta-humanos em Central City. Wells treina Barry, ajudando-o a dominar seu poder e aumentar sua velocidade. Ele se revela como um descendente de Eddie Thrawne, chamado Eobard Thawne – o Flash Reverso. Eobard, o arqui-inimigo do Flash no futuro, assassinou o Dr. Harrison Wells original e assumiu sua identidade. Nas temporadas seguintes, Cavanagh também interpreta vários doppelgangers de Wells de realidades alternativas. Esses personagens incluem o sarcástico, mas brilhante “Harry”, que, junto com sua filha Jesse, é da Terra-2; O homólogo da Terra-19 de Wells, o romancista de ficção científica “H.R.”, o detetive “Sherloque” da Terra-221 e o aventureiro Nash Wells.
  • Jesse L. Martin como Joe West: Um detetive da polícia que atua como pai substituto de Barry, levando-o para sua casa depois que a mãe de Barry é assassinada e seu pai é injustamente preso pelo crime. Joe é o pai de Iris e Wally. Atualmente também tem uma filha com sua noiva, a advogada Cecille Horton, chamada Jenna West. Martin tirou uma licença médica da série durante a quinta temporada depois de sofrer uma lesão nas costas.
  • Keiynan Lonsdale como Wally West / Kid Flash: Filho de Joe e irmão de Iris, nascido sem o conhecimento deles depois que sua mãe deixou Central City. Os produtores não gostaram da introdução de parentes de personagens que nunca foram mencionados anteriormente, achando que era “estranho” e optaram por apresentar Wally como desconhecido até mesmo para seus parentes. Eles também escolheram fazer dele o irmão de Iris, diferente dos dos quadrinhos, onde ele era sobrinho dela. Explicando a escalação de Lonsdale, Kreisberg disse: “Assim como quando conhecemos Grant [Gustin] pela primeira vez, soubemos instantaneamente que Keiynan incorporaria todo o coração e a coragem de um herói.” Depois do flashpoint, Wally finalmente obtém poderes de velocidade do Doctor Alquimia e se tornando o Kid Flash. Na quarta temporada, ele deixa Central City para sair da sombra de Barry, e durante esse tempo ele se junta as Lendas. Ele volta para casa após o nascimento da meia-irmã Jenna West.

  • Neil Sandilands como Clifford DeVoe / Pensador: Um professor universitário e metahumano com um intelecto de nível genial, que procura consertar tudo o que considera errado com a humanidade.
  • Hartley Sawyer como Ralph Dibny / Homem Elástico: Um investigador particular, anteriormente um policial corrupto da CCPD, Dibny é um metahumano com superpoderes, incluindo elasticidade corporal e maleabilidade. Ele se torna um membro do Time Flash.
  • Danielle Nicolet como Cecile Horton: Advogada do distrito que se torna namorada de Joe West e mãe de sua filha Jenna West. Durante a gravidez, ela ganha superpoderes telepáticos temporários. Após a gravidez, ela desenvolve novas habilidades metahumanas de sentir a empatia de outras pessoas.
  • Jessica Parker Kennedy como Nora West-Allen / XS: Filha speedster de Barry e Iris no futuro.
  • Chris Klein como Orlin Dwyer / Cicada: Um serial killer meta-humano que está determinado a acabar com todos os meta-humanos.
  • LaMonica Garrett como Mar Novu / O Monitor: Um Multiversal testando diferentes Terras no multiverso, em preparação para uma “crise” iminente.
  • Pedro Almeida como Don Allen / Gémeo Tornado: Filho speedster de Barry e Iris no futuro.

Episódio Piloto

O primeiro episódio, intitulado “Pilot”, foi escrito por Greg Berlanti, Andrew Kreisberg e Geoff Johns, e dirigido por David Nutter. O episódio foi vazado na internet em maio de 2014.  A exibição oficial ocorreu em 7 outubro de 2014 na emissora The CW.

Produção

Desenvolvimento

Em julho de 2013, foi anunciado que os co-criadores de Arrow, Greg Berlanti e Andrew Kreisberg, além dos diretores David Nutter e Geoff Johns, iriam desenvolver uma série de televisão do herói Flash para a The CW. A série mostraria a história da origem de Barry Allen. Após o anúncio, Greg Berlanti revelou que Barry Allen iria aparecer pela primeira vez como um personagem recorrente em Arrow em três episódios da segunda temporada, todos escritos por Greg Berlanti, Andrew Kreisberg e Geoff Johns, e que o último dos episódios seria como um piloto para a série. Assim, Andrew Kreisberg acrescentou que Barry Allen será um cientista forense e dará introdução de seus superpoderes, assim como a sinopse, de uma maneira muito humana e comediante.

Caracterização

Sobre o personagem, Geoff Johns afirmou que a caracterização na série será semelhante aos quadrinhos, com seu tradicional traje vermelho, e não uma imitação pobre. Andrew Kreisberg acrescentou: “Sem agasalhos ou codinomes estranhos, ele será o Flash”. Os produtores procuraram uma forma de retratar a super velocidade do Flash. Por fim, foi revelado que o elenco seria supervisionado pela mesma equipe que trabalha em Arrow.

Criação

Foi decidido que era melhor dar corpo à história do Flash e seu mundo com um orçamento maior, ao invés de incorporar o set de filmagens com personagens num piloto em Arrow. A decisão foi tomada depois que executivos da The CW viram o material em dois episódios pilotos de The Flash que foram bem recebidos. O episódio piloto foi escrito por Greg Berlanti, Andrew Kreisberg e Geoff Johns, e dirigido por David Nutter. A apresentação foi debatida no set de filmagens de Arrow, que foi onde Barry Allen fez sua primeira aparição.

Linhas do Tempo e Histórias Alternativas

A série desencadeará as linhas do tempo e as histórias alternativas dos heróis na DC Comics. Alguns alter egos dos super-heróis foram alterados. O fantasiado de vermelho e amarelo também pode usar outros uniformes: verde ou branco, preto e cinza. As histórias alternativas envolvem heróis primários, secundários e companheiros que clamam por justiça contra os vilões que também foram alterados.

Filmagem

Em novembro de 2013, foi anunciado que a terceira aparição do Flash no set de filmagens não seria mais um piloto em Arrow, com o estúdio optando por fazer um piloto tradicional no lugar.

Música

O compositor de Arrow, Blake Neely, também compõe para a série. Em dezembro de 2014, as gravadoras WaterTower Music e Lava Records lançaram a seleção de músicas dos episódios crossover entre The Flash e Arrow, assim como duas faixas especiais para respectivos episódios, em 2014.

Marketing

Em janeiro de 2014, um episódio piloto foi oficialmente ordenado para The Flash. Em fevereiro de 2014, o site The Hollywood Reporter informou que o único papel principal remanescente a ser lançado seria para o personagem Hartley Rathaway. Ainda em fevereiro de 2014, foi anunciado que a produção do episódio piloto começaria no início de março, além de ser revelado o traje usado por Grant Gustin na série. O traje foi desenhado por Colleen Atwood, que também desenhou os figurinos para o set de filmagens. Mais tarde, foi revelado que Andy Mientus interpretaria Hartley Rathaway, o vilão Flautista.

Recepção

Resposta da Crítica

Em relação a estreia de Grant Gustin como Barry Allen em Arrow e o potencial para uma série, Jesse Schedeen, do IGN, declarou sua preocupação: “Gustin se depara como material protagonista. Seu papel desajeitado e trapalhão entrelaçado com Felicity era bonito, mas eu tenho a impressão de que, raramente, a esse personagem poderia ou deveria ser dado a sua própria série.” No entanto, Jesse Schedeen estava ansioso para o personagem, uma vez que “a escuridão e inaptidão social” foram minimizadas e a ênfase foi colocada “na sua mente científica intensa”.

No site Rotten Tomatoes, The Flash relatou um índice de 96% de aprovação, com uma classificação média de 7.4/10 baseado em 50 avaliações. O consenso do site diz “The Flash se beneficia por sua atmosfera de luz proposital, fazendo um super-herói voltado exclusivamente para fãs do gênero, bem como para os novatos”. O Metacritic, que usa média ponderada, atribuía uma nota de 73/100, com base em 25 comentários, indicando “avaliações favoráveis”. Eric Goldman e Joshua Yehl, do IGN, elogiaram o enredo e o elenco do show depois de verem uma cópia impressa do episódio piloto. Goldman e Yehl, favoravelmente, compararam The Flash com Arrow, afirmando que The Flash progride com uma confiança que Arrow não obteve até certo ponto da história.

Audiência

O primeiro episódio de The Flash foi assistido por 4,83 milhões de telespectadores e teve 1.9 de média demográfica em 18–49. Mesmo com o episódio piloto tendo vazado na internet meses antes da estreia oficial, teve a maior e mais assistida estreia da história da emissora The CW desde The Vampire Diaries, em 2009, se tornando a segunda estreia mais assistida da The CW. Segundo os fatores ao vivo, em adição aos sete dias de avaliação, o episódio piloto foi assistido por um total de 6,08 milhões de telespectadores, se tornando a transmissão mais assistida e a estreia mais altamente classificada entre homens 18–34 (classificado em 2.5). Quebrou o recorde prévio de transmissão mais assistida mantido pelo oitavo fim de ciclo de America’s Next Top Model, em 2007 (6,69 milhões). Adicionalmente, dentre todas as plataformas, incluindo as transmissões iniciadas em plataformas digitais e um total não duplicado de telespectadores ao vivo sobre duas transmissões na semana de 7 de outubro de 2014, a estreia foi assistida mais de 13 milhões de vezes.

Prêmios e Indicações

2014: Behind the Voice Actors Awards
Melhor Performance de Vocal Feminino em uma Série Televisiva em um Papel Convidado – Ação/Drama: Morena Baccarin (Indicado)

2014: TV Guide Award
Novo Show Favorito: The Flash (VENCEU)

2014: Visual Effects Society Awards
Outstanding Visual Effects in a Visual Effects-Driven Photoreal/Live Action Broadcast Program: Armen Kevorkian, James Baldanzi, Jeremy Jozwick e Andranik Taranyan (Indicado)

2015: Hugo Awards
Melhor Apresentação Dramática – Forma Curta: Pelo episódio “Pilot” (Indicado)

2015: IGN Awards
Best Comic Book Adaptation TV: The Flash (VENCEU)

2015: IGN Awards
Best TV Series: The Flash (Indicado)

2015: The Joey Awards
Best Actor in a TV Drama Recurring Role 8–12 Years: Logan Williams (VENCEU)

2015: The Joey Awards
Best Actress in a TV Drama Featured Role 4–9 Years: Laiken Laverock (Indicado)

2015: Kids’ Choice Awards
Favorite Family TV Show: The Flash (Indicado)

2015: Kids’ Choice Awards
Ator de TV Favorito: Grant Gustin (Indicado)

2015: Leo Awards
Melhor Série Dramática: The Flash (Indicado)

2015: Leo Awards
Melhor Direção em uma Série Dramática: Glen Winter (Indicado)

2015: Leo Awards
Melhor Cinematografia em uma Série Dramática: C. Kim Miles (Indicado)

2015: Leo Awards
Melhor Efeitos Visuais em uma Série Dramática: Pelo episódio “Going Rogue” (VENCEU)

2015: Leo Awards
Melhor Design de Produção em uma Série Dramática: Tyler Bishop Harron (Indicado)

2015: Leo Awards
Melhor Maquiagem em uma Série Dramática: Tina Louise Teoli (Indicado)

2015: Leo Awards
Melhor Penteado em uma Série Dramática: Sarah Koppes (Indicado)

2015: Leo Awards
Melhor Performance de uma Convidada em uma Série Dramática: Emily Bett Rickards (Indicado)

2015: Online Film & Television Association Award
Melhor Nova Música Tema em uma Série: The Flash (Indicado)

2015: Online Film & Television Association Award
Melhor Efeitos Visuais em Série: The Flash (Indicado)

2015: People’s Choice Awards
Nova Série Dramática: The Flash (VENCEU)

2015: Poppy Awards
Melhor Ator, Drama: Grant Gustin (Indicado)

2015: Primetime Emmy Award
Outstanding Special Visual Effects: Pelo episódio “Grodd Lives” (Indicado)

2015: Publicists Awards
Maxwell Weinberg Award – Televisão: Bonanza Productions, Berlanti Productions e Warner Bros. Television (Indicado)

2015: Saturn Awards
Melhor Adaptação de Super-herói em Séries de TV: The Flash (VENCEU)

2015: Saturn Awards
Melhor Ator na Televisão: Grant Gustin (Indicado)

2015: Saturn Awards
Melhor Ator Convidado na Televisão: Wentworth Miller (VENCEU)

2015: TCA Awards
Outstanding New Program: The Flash (Indicado)

2015: Teen Choice Awards
Choice TV – Melhor atriz de série de Fantasia/Ficção Científica: Danielle Panabaker (Indicado)

2015: Teen Choice Awards
Choice TV – Estrela Revelação: Grant Gustin (VENCEU)

2015: Teen Choice Awards
Choice TV – Estrela Revelação: Candice Patton (Indicado)

2015: Teen Choice Awards
Choice TV – Química: Grant Gustin e Candice Patton (Indicado)

2015: Teen Choice Awards
Choice TV – Beijo apaixonado: Grant Gustin e Candice Patton (Indicado)

2015: Teen Choice Awards
Choice TV – Vilão: Tom Cavanagh (Indicado)

2016: Kids’ Choice Awards
Favorite Family TV Show: The Flash (Indicado)

2016: Kids’ Choice Awards
Estrela de TV Masculina Favorita – Show de Família: Grant Gustin (Indicado)

2016: Leo Awards
Melhor Direção em uma Série Dramática: J. J. Makaro (“Enter Zoom”) (Indicado)

2016: Leo Awards
Melhor Efeitos Visuais em uma Série Dramática: Pelo episódio “Gorilla Warfare” (VENCEU)

2016: Leo Awards
Best Stunt Coordination in a Dramatic Series: J. J. Makaro, Jon Kralt (“Legends of Today”) (Indicado)

2016: Teen Choice Awards
Choice TV Show – Fantasia/Ficção Científica: The Flash (Indicado)

2016: Teen Choice Awards
Choice TV Actor – Fantasia/Ficção Científica: Grant Gustin (VENCEU)

2016: Teen Choice Awards
Choice TV – Química: Candice Patton e Grant Gustin (Indicado)

2016: Teen Choice Awards
Choice TV – Beijo: Candice Patton e Grant Gustin (Indicado)

2016: Teen Choice Awards
Choice TV Actress – Fantasia/Ficção Científica: Danielle Panabaker (Indicado)

2016: Teen Choice Awards
Choice TV – Vilão: Teddy Sears (Indicado)

2016: Saturn Awards
Melhor Série de Televisão de Adaptação de Super-Heróis: The Flash (VENCEU)

2016: Saturn Awards
Melhor Ator na Televisão: Grant Gustin (Indicado)

2016: Saturn Awards
Melhor estrela Convidada na Televisão: Victor Garber (Indicado)

2016: IGN Awards
Melhor Série de TV de História em Quadrinhos: The Flash (Indicado)

2016: IGN Awards
Best TV Hero: Grant Gustin (Indicado)

2016: IGN Awards
Best TV Villain: Tom Cavanagh (Indicado)

2016: IGN People’s Choice Award
Best TV Hero: Grant Gustin (VENCEU)

2016: Poppy Awards
Melhor Ator Coadjuvante, Drama: Jesse L. Martin (Indicado)

2016: The Joey Awards
Young Actor in a TV Series Featured Role 11–16 Years: Octavian Kaul (VENCEU)

2017: People’s Choice Awards
Favorite Network TV Sci-Fi/Fantasy: The Flash (Indicado)

2017: IGN Awards
Melhor Série de Ação: The Flash (Indicado)

2017: Kids’ Choice Awards
Favorite TV Show – Family Show: The Flash (Indicado)

2017: MTV Movie & TV Awards
Melhor Herói: Grant Gustin (Indicado)

2017: Saturn Awards
Melhor Série de Televisão de Adaptação de Super-Heróis: The Flash (Indicado)

2017: Saturn Awards
Melhor Ator na Televisão: Grant Gustin (Indicado)

2017: Saturn Awards
Melhor Atriz Coadjuvante na Televisão: Candice Patton (VENCEU)

2017: Teen Choice Awards
Choice Action TV Show: The Flash (VENCEU)

2017: Teen Choice Awards
Choice Action TV Actor: Grant Gustin (VENCEU)

2017: Teen Choice Awards
Choice Action TV Actress: Danielle Panabaker (Indicado)

2017: Teen Choice Awards
Choice Action TV Actress: Candice Patton (Indicado)

2017: Teen Choice Awards
Choice TV Villain: Grant Gustin (Indicado)

2017: Leo Awards
Melhor Efeitos Visuais: Armen V. Kevorkian, James Baldanzi, Thomas Connors, Gevork Babityan, Marc Lougee (“King Shark”) (VENCEU)

2018: Kids’ Choice Awards
Ator de TV Favorito: Grant Gustin (Indicado)

2018: Kids’ Choice Awards
Show de TV Favorito: The Flash (Indicado)

2018: Leo Awards
Melhor Efeitos Visuais em uma Série Dramática: Armen V. Kevorkian, Marc Lougee, James Baldanzi, Andranik Taranyan, Shirak Agresta por “I Know Who You Are” (VENCEU)

2018: MTV Movie & TV Awards
Melhor herói: Grant Gustin (Indicado)

2018: Saturn Awards
Melhor Performance Convidada em uma Série de Televisão: Hartley Sawyer (Indicado)

2018: Saturn Awards
Melhor Série de Televisão de Adaptação de Super-Heróis: The Flash (VENCEU)

2018: Saturn Awards
Best Supporting Actress on Television: Candice Patton (Indicado)

2018: Teen Choice Awards
Choice Action TV Actor: Grant Gustin (VENCEU)

2018: Teen Choice Awards
Choice Action TV Actress: Danielle Panabaker (Indicado)

2018: Teen Choice Awards
Choice Action TV Actress: Candice Patton (Indicado)

2018: Teen Choice Awards
Choice Action TV Show: The Flash (VENCEU)

2019: Kids’ Choice Awards
Favorite Male TV Star: Grant Gustin (Indicado)

2019: Kids’ Choice Awards
Favorite TV Drama: The Flash (Indicado)

2019: Leo Awards
Best Guest Performance by a Male in a Dramatic Series: Paul McGillion (por “True Colors”) (Indicado)

2019: Leo Awards
Best Visual Effects in a Dramatic Series: Armen V. Kevorkian, Joshua Spivack, Marc Lougee, Shirak Agresta, Andranik Taranyan (por “We Are The Flash”) (VENCEU)

2019: BMI Film, TV & Visual Media Awards
BMI Network Television Music Award: Nathaniel Blume e Blake Neely (VENCEU)

2019: Teen Choice Awards
Choice TV Show – Action: The Flash (Indicado)

2019: Teen Choice Awards
Choice TV Actor – Action: Grant Gustin (Indicado)

2019: Teen Choice Awards
Choice TV Actress – Action: Candice Patton (Indicado)

2019: Teen Choice Awards
Choice TV Actress – Action: Danielle Panabaker (Indicado)

2019: Teen Choice Awards
Choice TV Villain: Sarah Carter (Indicado)

2019: Saturn Awards
Melhor Série de Televisão de Adaptação de Super-Heróis: The Flash (Indicado)

2019: Saturn Awards
Best Actor on a Television Series: Grant Gustin (Indicado)

2019: Saturn Awards
Best Actress on a Television Series: Candice Patton (Indicado)

2019: People’s Choice Awards
The Sci-Fi/Fantasy Show of 2019: The Flash (Indicado)

Universo Compartilhado

Arrow

Barry faz sua primeira aparição em Arrow na segunda temporada, no episódio “The Scientist”, onde aparece como um cientista forense de Central City, que chegou a Starling City para investigar um possível caso sobrenatural que ele afirma ter conexões com um caso em Central City. Ele se encontra com Oliver Queen após as Consolidações Queen ser assaltada. Barry, por ser especialista em ciência da computação, faz Felicity Smoak ter uma afinidade imediata, mas Oliver, o Arqueiro, suspeita que Barry estaria mentindo sobre sua verdadeira identidade.

Barry revela que ele está tentando encontrar um ser super-poderoso que matou sua mãe quando ele era criança, levando à prisão injusta de seu pai. Ele é ordenado de volta para Central City, mas em vez disso é levado para o esconderijo de Oliver por Felicity e John Diggle depois que Oliver é acidentalmente ferido e envenenado. No episódio seguinte, intitulado “Three Ghosts”, Barry salva a vida de Oliver, e continua a ajudar Felicity com rastreamento de Cyrus Gold, um subordinado de Sebastian Blood.

Ele volta para Central City, deixando para trás uma máscara de dominó feita por encomenda para Oliver como a melhor forma de esconder sua identidade. Retornando à Central City, ele é pego em uma explosão química em seu laboratório causada por uma combinação de um raio com a explosão do S.T.A.R. Labs—o Acelerador de Partículas—em toda a cidade. No episódio “Blast Radius”, é revelado que Barry foi deixado em coma após o acidente de laboratório. Em “The Man Under the Hood”, Caitlin Snow e Cisco Ramon são vistos fazendo a inspeção do S.T.A.R. Labs em Starling City, quando o Exterminador chega para adquirir um Bio-Transfusor. É revelado que Barry tem estado sob os cuidados do S.T.A.R. Labs quando seu estado de saúde piora. Após, Caitlin e Cisco ajudam Felicity a criar um antídoto para a droga Mirakuru.

Em março de 2014, foi revelado que Grant Gustin não apareceria em um terceiro episódio de Arrow como originalmente planejado. No entanto, Danielle Panabaker e Carlos Valdes aparecem em Arrow no episódio “The Man Under the Hood” como Caitlin Snow e Cisco Ramon, respectivamente. O produtor executivo de Arrow, Marc Guggenheim, afirmou: “Isso foi algo que realmente aconteceu, porque, obviamente, Barry está em coma no final de “Three Ghosts”, o que se tornou praticamente impossível para Barry aparecer no terceiro episódio, como foi originalmente planejado… a ideia de trazer Caitlin Snow e Cisco Ramon realmente apelou para nós, pois nos permitiu honrar a nossa intenção original de fazer algo relacionado com o Flash em torno do episódio 19 ou 20 da segunda temporada sem ter Barry em coma e, basicamente, pagando muito dinheiro para Grant Gustin apenas se deitar de olhos fechados, inconsciente pelo episódio inteiro. Isso nos permite concretizar ainda mais o universo de The Flash em Arrow”.

Em julho de 2014, Andrew Kreisberg afirmou que um evento crossover iria ocorrer no oitavo episódio da primeira temporada The Flash e da terceira de Arrow, respectivamente. Mais cedo, em janeiro de 2015, o presidente da The CW, Mark Pedowitz anunciou que pretende fazer crossovers entre Arrow e Flash em todos os anos, a cada temporada. Na segunda temporada, The Flash faria um crossover com Arrow no oitavo episódio.

Stephen Amell aparece como Oliver Queen / Arqueiro no episódio piloto. Andrew Kreisberg anunciou que Emily Bett Rickards apareceria no quarto episódio como Felicity, e, mais tarde, no mesmo mês, foi anunciado que o antigo vilão de Arrow, William Tockman, o Rei Relógio, faria uma aparição no sétimo episódio. Os membros da Gangue Royal Flush, que apareceram previamente em Arrow, fariam uma pequena aparição no décimo primeiro episódio. Emily Bett Rickards e Brandon Routh fariam uma aparição no décimo oitavo episódio, intitulado “All Star Team Up”. Katie Cassidy e Paul Blackthorne, que interpretam Laurel Lance / Canário Negro e Quentin Lance, respectivamente, apareceriam no episódio seguinte, intitulado “Who Is Harrison Wells?”, enquanto Stephen Amell e Doug Jones apareceriam no vigésimo segundo episódio, intitulado “Rogue Air”.

História em Quadrinhos

The Flash: Season Zero, escrito por Andrew Kreisberg, Brooke Eikmeier e Katherine Walczak, com arte de Phil Hester e Eric Gapstur, pretende tomar lugar durante o primeiro episódio e o segundo episódio. Andrew Kreisberg declarou: “Barry será o Flash, nós teremos um time para ele, todos irão estar neste mundo, e nós iremos introduzir uma nova equipe de vilões que não veremos na série de televisão. Isso será sentido com o mesmo coração, humor e espetáculo que o público verá ao assistir TheFlash“. A história em quadrinhos terá todos os personagens da série, e ainda, novos vilões, um grupo de circo que apresenta quem ganhou super-poderes como resultado da explosão do Acelerador de Partículas do S.T.A.R. Labs. O grupo é guiado pelo Sr. Bliss, um personagem que aparece pela primeira vez em Starman. A história em quadrinhos teve dois capítulos lançados digitalmente no dia 8 de setembro de 2014, com sua primeira coleção física sendo lançada no dia 1 de outubro de 2014.

Vixen

Em janeiro de 2015, a emissora The CW anunciou que uma série animada da heroína Vixen, da DC Comics, seria lançada na CW Seed ainda em 2015, se passando no mesmo universo de Arrow e The Flash.

Legends of Tomorrow

Em fevereiro de 2015, foi anunciado que uma série derivada de Arrow e The Flash, descrita como uma série sobre uma equipe de super-heróis, estava sendo discutida pela The CW para uma possível realização em meados de 2015–2016. Os produtores Greg Berlanti e Andrew Kreisberg, ao lado de Marc Guggenheim e Sarah Schechter produziriam a série. A série é protagonizada por personagens de The Flash e Arrow, como Canário Branco, Capitão Frio, Nuclear, Onda Térmica e Átomo. Três personagens misteriosos da DC Comics que nunca haviam aparecido em live-action também foram confirmados na série: Rip Hunter, um viajante do tempo misterioso que esconde vários segredos; Kendra Saunders, uma mulher feroz e determinada, que quando entra em ação, se torna uma verdadeira guerreira; e um jovem afro-americano, que ganha super-poderes.

Supergirl

Em novembro de 2014, Greg Berlanti manifestou seu interesse na existência da heroína Supergirl no Universo da DC Comics na televisão, o mesmo universo de suas outras séries, Arrow e The Flash. Em janeiro de 2015, o presidente da The CW, Mark Pedowitz, revelou que também estava interessado em um crossover entre as séries e as emissoras The CW e CBS. No entanto, a diretora da CBS, Nina Tassler, afirmou: “Estas duas séries são de emissoras diferentes[…] por isso, é melhor mantermos Supergirl somente conosco por um tempo”.

Em fevereiro de 2016, foi anunciado que Grant Gustin apareceria como Barry Allen / Flash no décimo oitavo episódio da primeira temporada de Supergirl, intitulado “Worlds Finest”. “Estamos muito animados em anunciar algo que sonhamos desde que começamos a fazer Supergirl[…] queremos agradecer a Grant Gustin por ter arrumado um tempo em sua imensa carga de trabalho para visitar todos da CBS, da The CW, da Warner Bros. e da DC Comics”, disseram Greg Berlanti e Andrew Kreisberg sobre a confirmação do crossover. Antes da exibição do episódio, Ross A. Lincoln, do site Deadline, disse que “a conspiração do universo” para o crossover seria devido à capacidade de Barry em viajar para várias dimensões, o que implica a existência da Supergirl em um multi-universo.

Trailers / Entrevistas e Vídeos

Fonte / Referências: Wikipedia, IMDB, além da pesquisa do site Imagoi