Em Família

Em Família é uma telenovela brasileira criada pela Rede Globo e transmitida no horário das 21 horas, entre 3 de fevereiro e 18 de julho de 2014, em 143 capítulos, passando no lugar de Amor à Vida e sendo substituída por Império. Foi a 6.ª “novela das nove” também transmitida pela emissora. Escrita por Manoel Carlos, com ajuda de Ângela Chaves, Juliana Peres, Maria Carolina, Mariana Torres e Marcelo Saback, contou com direção de Adriano Melo, João Boltshauser, Luciano Sabino, Teresa Lampreia e Thiago Teitelroit, direção geral de Leonardo Nogueira e direção de núcleo de Jayme Monjardim.
Contou com as participações de Júlia Lemmertz, Gabriel Braga Nunes, Bruna Marquezine, Humberto Martins, Giovanna Antonelli, Helena Ranaldi, Ana Beatriz Nogueira e Ângela Vieira.

Informação Geral

Formato – Telenovela
Gênero – Drama
Duração – 60 minutos
Criador(es) – Manoel Carlos
País de origem – Brasil
Idioma original – Português
Diretor(es) – Jayme Monjardim / Leonardo Nogueira
Tema de abertura – “Eu Sei Que Vou Te Amar”, Ana Carolina
Tema de encerramento – “Eu Sei Que Vou Te Amar”, Ana Carolina entre outras músicas
Emissora original – Rede Globo
Formato de exibição – 1080i (HDTV)
Formato de áudio – Estéreo
Transmissão original – 3 de fevereiro – 18 de julho de 2014
Episódios – 143

Antecedentes

O setor de teledramaturgia da Rede Globo inaugurou no mesmo ano de sua estréia, em 1965. A primeira telenovela produzida pela emissora foi O Ébrio, no horário das 20 horas. Em 2007, quando Duas Caras era exibida, os temas abordados levaram à determinação do Ministério da Justiça de classificar a obra como imprópria para menores de catorze anos e, portanto, tendo seu início obrigatoriamente após as 21 horas. O novo horário foi mantido para as produções seguintes, mas somente a partir de Insensato Coração (2011), as telenovelas passariam a ser exibidas como novelas “das nove”.
Antes do término de Salve Jorge (2012), ficou decidido que a sua substituta seria a última produção de Manoel Carlos. Contudo, atrasos no roteiro e a morte do filho de Maneco, fizeram com que a ordem de autores fosse invertida. Walcyr Carrasco viria após Manoel, e sua trama Amor à Vida (2013) foi antecipada. Teve os títulos provisórios de Ritmo da Vida, Dança da Vida, Fênix e Helena.

Abertura da Novela

Enredo

Primeira e segunda fase

Na fictícia cidade de Esperança, em Goiás, as duas irmãs Chica (Juliana Araripe) e Selma (Camila Raffati), são casadas com dois irmãos, Ramiro (Oscar Magrini) e Itamar (Nelson Baskerville), respectivamente. Do casamento de Chica e Ramiro, nasceram Clara (Karize Brum), Felipe (Guilherme Prates) e Helena (Bruna Marquezine). Já Selma e Itamar tiveram Laerte (Guilherme Leicam), um jovem flautista muito talentoso, namorado da prima Helena e alvo da paixão de Shirley (Alice Wegmann), que é apaixonada por ele desde pequena. Laerte também morre de ciúmes de Helena e um dos alvos do ciúme de Laerte é Virgílio (Nando Rodrigues), um rapaz de origem humilde, que guarda para si o amor que sente por Helena desde criança, em respeito à amizade que tem por ela e Laerte. Shirley, sempre invejosa, viu Helena se afogando em um rio durante a infância e não a ajudou, torcendo para que ela se afogasse. Laerte e Virgílio conseguem salvá-la, mas Laerte tem um ataque de ciúmes, devido a uma respiração boca a boca feita por Virgílio.
O romance, iniciado na infância, de forma ingênua, teria tudo para andar às mil maravilhas, se não fosse pelo excesso de ciúmes que Laerte sente por Helena, o motivo de constantes idas e vindas do casal, que vai crescendo conforme eles ficam adolescentes, tanto que ele exige que ela prove o amor por ele, e então fazem um pacto de sangue, e ele lhe presenteia com o colar de um fênix, a ave que renasce das cinzas, como ele promete ser o amor deles: infinito, que sempre renascerá. Mas quando os sonhos de Helena e Laerte estão prestes a se tornarem realidade, uma tragédia marca para sempre a vida dos dois: no altar da igreja, no meio da cerimônia de casamento com Helena, Laerte é preso por tentativa de assassinato a Virgílio, pois, durante uma briga, o feriu com uma espora e o enterrou vivo, após Virgílio flagrá-lo na cama com uma prostituta na sua despedida de solteiro, e ter ameaçado contar tudo a Helena. Após todo este escândalo, ainda no altar, o pai da noiva não aguenta, o que acaba provocando um enfarto e a morte em Ramiro, o que o afasta de Helena, que passa a odiá-lo de todo seu coração, por tudo que ele fez e por causar a morte de seu pai. Laerte, então, é condenado a um ano de prisão e preso, porém, antes de sair da sentença, ele visita Helena e exige que quer participar da vida do filho que Helena espera, mas ela se vinga, dizendo que tirou o bebê. Laerte a agride, a acusando de assassina por ter matado o filho dele. Helena se desespera, mas não revela a verdade e esconde a gestação.
Assustada com tudo, Helena resolve deixar Goiás, e se muda para o Rio de Janeiro com a mãe e os irmãos, levando junto sua amiga Neidinha (Jessica Barbosa), irmã de Virgílio, que sonha fazer faculdade de enfermagem e só na capital teria uma melhor chance. Virgílio, após ficar um pouco melhor, vai para o Rio de Janeiro em busca de emprego e de melhores cuidados médicos, tendo que conviver para sempre com a cicatriz feita por Laerte.
Na capital carioca, Neidinha, virgem, é estuprada por três homens em uma van. A jovem fica em estado de pânico, e toda a família se desespera. Helena fica aterrorizada com a violência que sua melhor amiga sofre, e passa muito mal, sofrendo um aborto espontâneo, entrando em depressão. Virgílio mostra mais uma vez ser o melhor amigo da jovem, a apoiando e amparando.
Após cumprir pena de um ano, Laerte volta para a casa de sua mãe, que parou de falar com a irmã e os sobrinhos depois de tudo isso, e descobre que teve um filho com Shirley, a grande rival de Helena, que fez de tudo para separá-los, e aos seduzir Laerte enquanto ele esperava seu julgamento em liberdade, conseguiu lhe dar o golpe da barriga, porém Laerte não quer assumir a criança, para desespero de Shirley. Sem saída, ele registra o bebê, mas não deseja uma vida de pai e homem de família, abandonando Shirley e o bebê. Decidido a seguir seu sonho, e esquecer seu passado de dor, ele deixa Esperança, no interior de Goiás, e vai para a Europa se aperfeiçoar como flautista, completando seus estudos de música.

Elenco da Novela

Terceira fase

Passados vinte e quatro anos, Helena (Julia Lemmertz) se transformou em uma leiloeira, está rica e casada com Virgílio (Humberto Martins). Eles são pais da jovem Luíza (Bruna Marquezine), que é muito parecida com Helena no passado. Laerte (Gabriel Braga Nunes) se transformou em um flautista muito famoso, se apresentando pelo mundo. Há dez anos ele é casado com a pianista Verônica (Helena Ranaldi), com quem a mora em Viena, na Áustria. Embora Verônica o ame e tente agradá-lo em tudo, Laerte é frio e distante, a tratando com indiferença, sem muito carinho, apenas cumprindo seu dever de marido de forma mecânica, forçada, o que faz Verônica sofrer, se sentindo mal amada e usada. Tentando salvar seu casamento, ela convence Laerte, e então abrem juntos uma escola de música, e ela percebe que eles se dão melhor como parceiros de trabalho que como um casal. Verônica também sempre quis ter filhos, mas Laerte nunca quis ser pai, dizendo que o filho que teve com Shirley (Viviane Pasmanter) foi um acidente e que o único filho que quis ter era com Helena, a acusando de ter destruído tudo. Verônica se revolta a cada vez que ele fala nela, e pensa em sumir, chorando demais. Tudo piora quando vão morar no Rio de Janeiro, pois Verônica sabe da obsessão dele por Helena, e no Brasil ele fica agressivo e impaciente com Verônica, que tenta mudar o marido com ajuda da sogra, Selma (Ana Beatriz Nogueira).
Ainda na Áustria, em um concerto, ele conhece Luíza e fica fascinado pela semelhança dela com Helena, a mulher que nunca esqueceu. Verônica percebe e passa a ver que Luíza também representa uma ameaça a sua felicidade conjugal, entrando em grande fúria. Laerte volta para o Brasil para encontrar o pai que está doente. Aqui, ele reencontra Shirley, que ainda é apaixonada por ele, mas diz que o perdoou e passa a tratá-lo como amigo, embora passe a persegui-lo e seduzi-lo. Ela o apresenta ao filho, Leto (Ronny Kriwat), que passa a tentar conviver com o pai, que nunca conheceu pessoalmente, tentando perdoá-lo pelo abandono.
Shirley casou com outros homens, ficou milionária e vive esnobando sua riqueza, humilhando e pisando em todos. Sua obsessão por Laerte é tão alta que ela fez uma tatuagem com o nome dele. Ela teve uma filha do último marido, que faleceu. A menina se chama Bárbara (Polliana Aleixo) e vive sendo humilhada pela mãe, que não aceita a filha ser gorda, não ter vaidade e viver preocupada com o avô, pai de Shirley, pois sempre desprezou e humilhou o pai, não querendo que ninguém tenha pena dele agora que está idoso. Até hoje, Shirley odeia Helena e finge-se de querida colega de infância, mas ambas se tratam com falsidade, e se detestam. Como sempre soube que Laerte só teve olhos para Helena, ela quer vingança e passa a fazer amizade com Luiza, tentando colocá-la contra a mãe, e passa a seduzir Virgílio, desejando que Helena fique sozinha e infeliz. Shirley consegue o que deseja e se torna amante de Laerte, que deixa claro não querer nada sério, só sexo. O ponto alto da trama é o reencontro de Helena e Laerte. Os dois brigam muito, se acusam e se agridem, despejando todo ódio que sentem um pelo outro, embora haja uma paixão escondida. Laerte também reencontra Virgílio e os dois brigam feio, e Virgílio tenta marcar o rosto dele com uma navalha, como Laerte fez, mas não consegue, e Laerte escapa.
Paralelamente tem as histórias de Clara (Giovanna Antonelli), irmã de Helena, uma dona de casa fiel e feliz, que tem um filho pequeno chamado Ivan (Vitor Figueiredo), mas que de uma hora para outra passa a viver um grande dilema: o de ficar com o marido, Cadu (Reynaldo Gianecchini), que descobre ter problemas cardíacos, ou se entregar a paixão por sua patroa, Marina (Tainá Müller), uma fotógrafa que se declara apaixonada por ela.
Felipe (Thiago Mendonça), o irmão de Helena, é médico e vive o drama da dependência em álcool, buscando ajuda da família para se tratar. Chica (Natália do Vale), que após anos sendo viúva e sozinha, reencontra o amor ao viver um romance com Ricardo (Herson Capri), que é disputado pela ex-mulher, a mimada e controladora Branca (Ângela Vieira), que vive em guerra com a filha, que apoia o pai. Juliana (Vanessa Gerbelli), a irmã caçula de Chica e Selma, nunca conseguiu ser mãe. Ela e o marido se divorciam e passaram a viver um inferno de brigas. Ela fica obcecada pela adoção da filha da empregada, que morre em um acidente. Disposta a tudo para ter a menina, ela chega a sequestrá-la, até que toma uma decisão radical: casa-se com o pai biológico da criança para tê-la ao seu lado, enfrentando um casamento infeliz por querer ter a criança como filha.
Selma fica viúva e entra em depressão, voltando a falar com a família, tentando se perdoar e perdoar a todos pelo tempo perdido. Como consequência da depressão, ela enfrenta a sensibilidade precoce, passando a esquecer das coisas. André (Bruno Gissoni), é o namorado apaixonado de Luiza, que sofre por não saber quem são seus pais biológicos, tendo ajuda de sua mãe adotiva para achá-los.
Alice (Érika Januza) é a filha de Neidinha, que vive em brigas com a mãe, querendo saber quem é seu pai, mas nunca obtém nenhuma resposta, o que gera uma frustração muito grande. Um dia, Neidinha revela ter sido vítima de um estupro quando era virgem, por três homens, um branco, um negro e um pardo, e que é impossível descobrir a identidade do pai de sua filha, revelando todo seu amor a menina, pois levou a gravidez adiante e por amor a Deus, sabendo que o bebê não tinha culpa, sendo ajudada por família e pela família de Helena. Alice fica transtornada e com ajuda do namorado, passa a frequentar presídios em busca do pai desconhecido.
A trama tem uma reviravolta quando Laerte passa a seduzir Luíza, quando ela se matricula em sua escola de música para aprender flauta, virando sua aluna. Sem resistir ao primo e professor, passa a se relacionar amorosamente com ele, mesmo ele sendo muitos anos mais velho. Após o ato, Luíza acaba se sentindo culpada, pois sabe de todo mal que ele causou a sua família, mas não consegue resistir aos encantos do flautista, temendo que sua mãe descubra o romance, pois não quer vê-la sofrer, ficando dividida entre a paixão por seu namorado, o amor por sua mãe e a atração intensa que sente por Laerte.

Cenas da Novela

Produção

Esta foi a última telenovela do horário escrita pelo autor, e com isso, encerra-se o ciclo de Helenas, que começou com Lílian Lemmertz em Baila Comigo no ano de 1981 e termina com a filha da atriz, Julia Lemmertz. Com isto, a Rede Globo escolheu mostrar uma trama baseada em situações familiares e triângulos amorosos, e temas como o alcoolismo (Thiago Mendonça – Felipe), a homossexualidade (Giovanna Antonelli – Clara, Tainá Müller – Marina, Maria Eduarda – Vanessa)  e a doença de Parkinson (Paulo José – Benjamin).

Cenário

Os primeiros capítulos da trama, foram gravados no município de Goiás, estado homônimo, também conhecido como Goiás VelhoPirenópolis e, também teve locações na capital Goiânia. Segundo o autor, ele preferiu começar a história fora da cidade do Rio de Janeiro porque precisava de um cenário rico, mas que mantivesse os costumes regionais. Além de Goiás e Rio de Janeiro, Viena na Áustria é outro cenário que faz parte da terceira fase da trama, segundo o diretor de núcleo, Jayme Monjardim, a cidade foi escolhida por ser musical, uma vez que na telenovela contará com quatro músicos entre os personagens principais.

Escolha do elenco

A escalação de Júlia Lemmertz e Bruna Marquezine para viverem a protagonista nas duas fases diferentes foi muito bem planejada por Manoel Carlos. Marquezine começou sua carreira em 2003, em sua telenovela Mulheres Apaixonadas, onde se destacou como a pequena Salete. Enquanto Lemmertz é filha da também atriz Lilian Lemmertz, que viveu a primeira Helena do autor na telenovela Baila Comigo, de 1981. A atriz foi convidada pelo autor para interpretar a personagem em dezembro de 2011. Maneco afirma que Júlia foi escolhida como forma de homenagem a Lilian, a quem a trama é dedicada. Marcos Palmeira seria o intérprete do possessivo Laerte, porém desistiu do papel alegando cansaço, após ter emendado três trabalhos e foi substituído por Gabriel Braga Nunes. Alinne Moraes foi convidada para interpretar a fotógrafa Marina, que viveria um relacionamento lésbico com a personagem de Giovanna Antonelli, mas a atriz precisou se desligar da produção, por estar esperando seu primeiro filho. Como o autor queria que a atriz fizesse parte da sua última trama, ele cogitou para ela que a personagem tivesse um filho na trama, mas a atriz ainda se desligou da produção. Após a desistência de Moraes, o autor foi atrás de outras atrizes que atendiam o perfil de sua personagem, e enviou um convite para Regiane Alves, mas a atriz recusou o convite do autor por também estar esperando seu primeiro filho. Após a desistência de Alves, Mel Fronckowiak chegou a fazer o teste, mas não se encaixou no perfil da personagem. Depois, foi a vez de Juliana Paes fazer o teste para o papel, mas por motivos desconhecidos ela acabou não ficando com o papel. Andreia Horta também foi cogitada para a personagem, porém a atriz também estava no ar na série A Teia, o impossibilitou a atriz de ficar com a personagem. Após vários testes, Tainá Müller foi a escolhida para dar vida ao personagem. 

Cenas da Novela

Mudanças no enredo

Logo na primeira semana, a Globo acelerou os capítulos das duas primeiras fases para que a terceira chegasse antes do previsto. Esta terceira fase, que começaria no capítulo 10, se iniciou no capítulo 7. O motivo do aceleramento teria sido o ritmo lento que estava provocando a baixa audiência. A trama ganhou mais movimentação e ritmo mais acelerado graças a intervenção do diretor geral Leonardo Nogueira, que estava incomodado com as críticas que a novela vinha recebendo. O protagonista Laerte, antes visto como mocinho, passou a ter comportamento de vilão psicopata, fato esse que movimentou a história.

Elenco

  • Júlia Lemmertz – Helena
  • Gabriel Braga Nunes – Laerte
  • Bruna Marquezine – Helena (2ª fase) / Luiza
  • Humberto Martins – Virgílio
  • Vivianne Pasmanter – Shirley
  • Giovanna Antonelli – Clara
  • Tainá Müller – Marina
  • Helena Ranaldi – Verônica
  • Reynaldo Gianecchini – Cadu
  • Vanessa Gerbelli – Juliana
  • Leonardo Medeiros – Nando
  • Marcelo Mello – Jairo
  • Natália do Vale – Chica
  • Ana Beatriz Nogueira – Selma
  • Ângela Vieira – Branca
  • Herson Capri – Ricardo
  • Louise D’Tuani – Lívia
  • Ágatha Moreira – Gisele
  • Sacha Bali – Murilo
  • Ronny Kriwat – Leto
  • Manu Gavassi – Paula
  • Érika Januza – Alice
  • Maria Eduarda de Carvalho – Vanessa
  • Paulo José – Benjamim
  • Betty Goffman – Miss Lauren
  • Bruno Gissoni – André
  • Polliana Aleixo – Bárbara
  • Thiago Mendonça – Felipe
  • Miguel Thiré – Gabriel
  • Bianca Rinaldi – Silvia
  • Lica Oliveira – Dulce
  • Suely Franco – Flora
  • Antônio Petrin – Viriato
  • Aline Fanju – Rafaela
  • Carol Macedo – Gorete
  • Jéssika Alves – Guiomar
  • Roberta Almeida – Sandra
  • Michel Melamed – Michel
  • Simone Soares – Mafalda
  • Alexandre Slaviero – Sandro
  • Elina de Souza – Neidinha
  • Cláudia Mauro – Ana
  • Remo Rocha – Mauro
  • Jorge de Sá – Matias
  • Maria Pompeu – Wanda
  • Rafael Zulu – Teo
  • José Rubens Chachá – Diogo
  • Magdale Alves – Iolanda
  • Tânia Toko – Rosa
  • Monique Curi – Telma
  • Carla Cristina Cardoso – Ivi
  • Gisele Alves – Zu
  • Ju Colombo – Ceiça
  • Lionel Fischer – Daniel
  • Nicole Evangeline – Laís
  • Paulo Verlings – Léo
  • Renatta Gomes – Kátia
  • Wilson Rabelo – Batista
  • Allan Souza Lima – Antônio
  • Rafael Tombini – Leandro
  • Luisa Moraes – Flavinha
  • Bruna Faria – Bia
  • Maria Eduarda Macedo – Bruna Barcelos
  • Maria Luísa Torrens – Ana Clara
  • Vitor Figueiredo – Ivan

Trailer da Novela em Outros Países

Participações especiais

  • Julia Dalavia – Helena (1ª fase)
  • Eike Duarte – Laerte (1ª fase)
  • Giovanna Rispoli – Shirley (1ª fase)
  • Arthur Aguiar – Virgílio (1ª fase)
  • Guilherme Leicam – Laerte (2ª fase)
  • Alice Wegmann – Shirley (2ª fase)
  • Nando Rodrigues – Virgílio (2ª fase)
  • Juliana Araripe – Chica (1ª e 2ª fases)
  • Camila Raffanti – Selma (1ª e 2ª fases)
  • Gabriela Carneiro da Cunha – Juliana (1ª e 2ª fases)
  • Oscar Magrini  – Ramiro (1ª e 2ª fases)
  • Nelson Baskerville – Itamar
  • Cyria Coentro – Maria (1ª e 2ª fases)
  • Jéssica Barbosa – Neidinha (1ª e 2ª fases)
  • Antonio Sabóia – Nando (1ª e 2ª fases)
  • Henrique Schafer – Viriato (1ª e 2ª fases)
  • Simone Soares – Mafalda (1ª e 2ª fases)
  • Guilherme Prates – Felipe (2ª fase)
  • Vinícius Mazzola – Felipe (1ª fase)
  • Karize Brum – Clara (2ª fase)
  • Luana Marquezine – Clara (1ª fase)
  • Camilla Camargo – Ana (2ª fase)
  • Marley Danckwardt – Marta (1ª e 2ª fases)
  • Gustavo Arthiddoro – Mauro (2ª fase)
  • Bruno Ahmed – Fred (2ª fase)
  • Duda Meneghetti – Rafaela (2ª fase)
  • Pedro Bosnich – Beto (2ª fase)
  • Ana Carolina Dias – Cláudia
  • Alfredo Martins – Juiz do julgamento de Felipe
  • Bella Piero –  Marcinha
  • Bernardo Dugin – Lucas
  • Bernardo Felinto Fiscal no aeroporto
  • Beto Nasci – Ricardo (1ª e 2ª fases)
  • Carla Cristina Cardoso – Ivone (Ivi)
  • Cássio Pandolfi  – Saldanha
  • Chitãozinho e Xororó – Eles mesmos
  • Diogo Salles – Vlad
  • Eduardo Galvão – Pedro Paulo
  • Flávia Paredes –  Prostituta de Laerte
  • Flávio Tolezani –  Rapaz que Luiza conhece no último capítulo
  • Gilberto Torres –  Doutor
  • Gustavo Machado – Vitor
  • Hélio Ribeiro – diretor do hospital
  • Isabel Guerón – Clarisse
  • Jonathan Azevedo – Jonas
  • Karen Junqueira – Garota de programa
  • Mabel Cezar – Professora Cotinha
  • Marcelo Batista –  Isaías
  • Márcio Machado –  Apresentador do concurso Miss Esperança
  • Maria Carolina Lampreia Matarazzo –  Modelo mirim
  • Maria Helena Pader – Heloísa
  • Marlon Shuck – Colega de Luiza na faculdade
  • Maurício Hubertzann –  Juiz do julgamento de Laerte
  • Monica Martin – Gogo Girl
  • Monique Lafond  – Juíza de Paz
  • Paulo Vespúcio –  Delegado que prende Laerte
  • Paulo Reis – dono da empresa de aviação
  • Rafaela Sampaio – Rafaela (jovem)
  • Renata Tobelem – Sheila (mulher que critica Felipe)
  • Ricardo Vlaud –  Secretário do hospital onde Juliana tem o parto
  • Rita Porto – Juíza do divórcio de Branca e Ricardo
  • Saulo Rodrigues – Gustavo
  • Sílvio Matos – Padre do casamento de Luiza e Laerte
  • Tiago Martelli  – Mateus
  • William Vita – Rodrigo
  • André Telles –  Fred
  • Bianka Fernandes – Tatiane
  • Carol Magno – Júlia
  • Chao Chen – Namura
  • Chris Moniz – Leila
  • Christiane Alves – Malu
  • Gilberto Marmorosh – Hamilton
  • Herbert Richers Jr. – Luciano
  • Jefferson Almeida – Leônidas (Léon)
  • Leo Albert – Roberto
  • Luana Azevedo – Ritinha
  • Michelle Moraes – Luana
  • Orion Ximenes –  Pedro
  • Paulo Resende – Zé
  • Pedro Farah – Helder
  • Rhavine Crispim – Viviane
  • Silvia Quadros – Isolda

Críticas

Nilson Xavier, do UOL, publicou em seu blog: “O primeiro capítulo de ‘Em Família’ teve barraco em família, bunda de Oscar Magrini, nudez implícita de Bruna Marquezine, procissão e sonho com direito a animação. Chamou a atenção a personagem Shirley, que parece que vai ser a “peste” da vez, a garota vilãzinha, mimada e barraqueira sempre presente nas tramas de Maneco (Manoel Carlos). E já ficou claro a personalidade dos protagonistas, Helena e Laerte. O elenco na maioria desconhecido do grande público (com muitos atores mirins e adolescentes) pode ter causado algum estranhamento. Mas logo vem a fase definitiva com os medalhões. A abertura é bonita, e o encerramento – chamado de “Momentos” – parece que vai contar uma historinha diariamente. Momentos em família à la Maneco. Talvez o público precise mesmo dar um tempo nos folhetins pretensamente “inovadores” – os que se valem de linguagem de seriado, câmera nervosa e afins – e resgatar o bom e velho folhetim. Se bem que a última trama de Manoel Carlos, Viver a Vida, de 2009, não foi um grande sucesso.”
Raphael Scire, do Notícias da TV disse: “Dividida em três fases, Em Família estreou nesta segunda (3) com a promessa de ser a última novela de Manoel Carlos. O capítulo inicial foi morno e ainda não deixou que o telespectador sentisse de fato a história. Helena, a grande heroína do autor, foi apresentada criança e adolescente, e assim o público não teve a chance de ver a principal característica da personagem, e que, por tabela, garantiu o sucesso de suas outras protagonistas: a maternidade.”

Audiência

O primeiro capítulo marcou 33,2 pontos e 53% de participação na grande São Paulo, segundo dados consolidados. Foi a pior estreia de uma novela das nove até então. Este recorde seria ultrapassado posteriormente por Império, Babilônia e A Regra do Jogo. As duas novelas das nove anteriores, Amor à Vida e Salve Jorge, haviam estreado com 35 pontos. Cada ponto equivale a 65 mil domicílios na grande São Paulo.
No segundo capítulo, teve 29 pontos e teve 51% de participação na Grande São Paulo.
No dia 10 de fevereiro, com a chegada da terceira fase, a trama registrou recorde de audiência. De acordo com dados consolidados, a trama marcou 36 pontos, com 60% de participação nos televisores ligados na Grande São Paulo.
Depois de meses na casa dos 29/30 pontosEm Família recupera parte de sua audiência. No dia 4 de junho registra um recorde de 33 pontos. Conforme nas quartas-feiras termina mais cedo, terminou mais tarde. E alcançou seus 33 pontos.
Em sua reta final, os índices subiram consideravelmente. No dia 7 de julho de 2014, alcançou 35 pontos e 38 de pico. No penúltimo capítulo registrou ótimos 36 pontos e chegou a 39 de pico e 56% de participação.
Seu último capítulo registrou 37 pontos e 41 de pico, com 62% de participação, tendo média geral de 30 pontos, pior média de uma novela das 21h até aquele momento.

Trilha sonora

álbum nacional da trama reúne 24 faixas de grandes nomes da música popular brasileira. Entre as escolhidas estão o tema de abertura, “Eu Sei Que Vou Te Amar” de Tom Jobim e Vinicius, regravada por Ana Carolina; “Cartas de Amor”, que embala o par romântico dos protagonistas Júlia Lemmertz e Gabriel Braga Nunes, cantada por Roberto Carlos, e “Só Vejo Você” da cantora Tânia Mara, tema de Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Müller).

1. “Eu Sei Que Vou Te Amar” Ana Carolina
2. “Cartas de Amor (Love Letters)” Roberto Carlos
3. “Morada” Sandy
4. “Só Vejo Você” Tânia Mara
5. “Complicamos Demais” Alinne Rosa
6. “Recomeço” Antonio Villeroy
7. “Canto do Lobo” Gilson Peranzzetta Part. Esp.: Edu Lobo
8. “Um de Nós” Marcelo Jeneci
9. “E Isso Acontece” Ivan Lins
10. “Eu Não Sei Seu Nome Inteiro – Ao Vivo” João Bosco Part. Esp.: João Donato
11. “Você Por Perto” Liah Soares
12. “Encontrei” Marina Elali
13. “Descaminhos” Simone
14. “Bungee Jump” Rafael Almeida
15. “Pra Você” Onze:20
16. “Reggae do Horto” Zignal
17. “Pra Você Dar o Nome” Tó Brandileone
18. “Quem é Ela?” Marco & Mário
19. “Boi Na Linha” Roberto Trevisan

Capa: Helena Ranaldi e Gabriel Braga Nunes

1. “Pretty Hurts” Beyoncé
2. “Let Me Go” Cymcolé Feat. Mister Jam
3. “How Long Will I Love You” Ellie Goulding
4. “Born To Die” Lana Del Rey
5. “Se Non Te” Laura Pausini
6. “Face The Sun” James Blunt
7. “L’Amour” Ana Cañas
8. “La Ville Engloutie” Valéria Sattamini
9. “Lady Marmalade” Mary Nelson
10. “Fuiste Tu” Ricardo Arjona Feat. Gaby Moreno
11. “One of A Kind” Kevin White
12. “The Dance” Cadu Valle
13. “The Way You Look Tonight” Dan Torres
14. “Change Your Mind” Bill Cinque
15. “Are You Ever Coming Home” Eric Berdon

Capa: Julia Lemmertz

1. “Você e Eu” Gilberto Gil
2. “O Barquinho” Maysa
3. “Meditação” Nara Leão
4. “Coisa Mais Linda” Caetano Veloso
5. “Samba do Avião” Os Cariocas
6. “Summer Samba (Samba de Verão) – Ao Vivo” Marcos Valle & Stacey Kent – Part. Esp.: Jim Tomlinson
7. “Chega de Saudade” Zeca Pagodinho
8. “Quiet Nights of Quiet Stars (Corcovado)” Sylvia Telles
9. “Desafinado” Gal Costa
10. “Wave – Instrumental” Tom Jobim

Prêmios e indicações

2014 – Meus Prêmios Nick

  • Ator Favorito – Bruno Gissoni

2014 – Prêmio Extra de Televisão

  • Melhor Atriz Coadjuvante – Giovanna Antonelli

2014 – Retrospectiva UOL

  • Melhor Novela – Manoel Carlos
  • Melhor Par Romântico – Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Müller)

2014 – Prêmio Quem de Televisão

  • Melhor Revelação – Nando Rodrigues

Fotos da Novela

Elenco da Novela Em Família
Arthur Aguiar e Julia Dalavia – Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Bruna Marquezine, Erika Janusa, Bruno Gissoni
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Julia Lemertz e Bruna Marquezine
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família na Estréia da Novela
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Júlia Lemertz, bruna Marquezine, Vanessa Gerbeli e Natália do Valle
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Tainá Muller
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Bruna Marquezine e Humberto Martins
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Bruna Marquezine e Alice Wegmann
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Gabriel Braga Nunes e Bruna Marquezine
Elenco da Novela Em Família
Bruna Marquezine e Gabriel Braga Nunes – Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família nos Bastidores
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Bruna Marquezine, Guilherme Leican
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Giovana Antoneli e Tainá Muller
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família Guilherme Leican e Bruna Marquezine
Elenco da Novela Em Família
Cenas da Novela Em Família Com Arthur Aguiar
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família
Manu Gavassi – Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família nos Bastidores das Gravações
Elenco da Novela Em Família
Elenco da Novela Em Família – Gabriel Braga Nunes, Júlia Lemertz, Humberto Martins e Bruna MArquezine

Fontes / Referências: WikipédiaImdb e busca do site Imagoi.